domingo, 26 de maio de 2013

Rock - Birtha


Birtha foi uma das principais bandas de rock feminino durante o início dos anos 1970. A banda era composta de quatro mulheres: Shele Pinizzotto (guitarra), Rosemary Butler (baixo), Sherry Hagler (teclados) e Liver Favela (bateria). Todas as quatro garotas do grupo faziam vocais e harmonias.

Liver foi a última a juntar-se ao Birtha em 1968. O grupo imediatamente começou a tocar no circuito de clubes e excursionar da Califórnia ao Alasca. De 1968 a 1971 o Birtha trabalhou para refinar seu som de rock e em 1971 elas começaram a escrever seu próprio material. A maior parte do material foi escrito pelas garotas, mas houve algumas músicas que foram escritas em parceria com outros parceiros, incluindo, Mark Wickman e Gabriel Mckler.


O Birtha assinou um contrato com a Dunhill Records em 1972 e gravou seu primeiro álbum, "Birtha" com o produtor Mckler  e os engenheiros David Hassinger e Val Caray. Após o lançamento de seu primeiro álbum, o grupo começou a tocar em shows de rock e em clubes de todo os EUA, Canadá e Europa. Quando tinham pausas em sua cidade natal, Los Angeles, elas frequentemente se apresentavam  no
The Whiskey and The Troubadour e também num clube em Glendale-Califórnia, chamado The Sopwith Camel (um grande clube).


Em 1973 gravam seu segundo álbum
, "Can't Stop The Madness" com o produtor e engenheiro Christopher Huston. A banda estava na estrada há mais de 250 dias no ano e tocou com grupos como Fleetwood Mac, Alice Cooper, Poco, Black Oak Arkansas, Cheech e Chong, The Kinks, BB King, Three Dog Night, James Gang e muitos outros.

A banda se separou em 1975, e todos os membros seguiram caminhos separados.



Fonte: http://www.birtharocks.com/aboutus.html