domingo, 5 de dezembro de 2010

Rock - Bread

 O Bread foi formado em 1969, quando o músico de Los Angeles, David Gates, foi solicitado, pelo lendário Russ Regan, para produzir um projeto apresentando Rob Royer como vocalista para o grupo Pleasure Faire . Royer foi co-escritor de “For All We Know", do Carpenters, com Jim Griffin, ganhador de um Oscar em 1970 como Canção do Ano. Foi no âmbito deste projeto, que Gates, Griffin e Royer, o núcleo do Bread, inicialmente se conheceu, desenvolveu amizades e decidiram partilhar a seus talentos.
 O primeiro fruto desse núcleo, com o baterista Jim Gordon, foi o álbum "Bread", lançado em janeiro de 1969. Depois de um hit menor chamado "Dismal Day”, uma música chamada "Make It With You" os levou no caminho até o topo da Billboard. O grupo seguiu com outra balada, o Top 10 hit, "It Don't Matter To Me". Tornou-se óbvio que esta abordagem "soft rock" foi vai ser o som que acabaria por se tornar a identidade do Bread e certamente tinha uma profunda ligação com os músicos.
 1970 viu Jim Gordon substituído pelo baterista de estúdio de Los Angeles Mike Botts a tempo para o álbum "Manna", que apresentou um segundo single de ouro, "If", que chegou ao # 4.
Ainda outro ponto de viragem na formação da banda tomou lugar em 1972, com Rob Royer deixando o grupo para seguir outros caminhos no mundo da música. Nesta encruzilhada, Larry Knechtel, um famoso tecladista de estúdio de Los Angeles, se tornou o substituto permanente para Royer.
 “Baby I'm A Want You", do álbum de mesmo nome, se tornou outro hit Top 10, alcançando a posição # 3. Mais tarde no mesmo, o Bread lançou o álbum "Guitar Man" e teve três hits, a faixa título, "Diary" e "Everything I Own".
Como é normal para músicos tão talentosos como eles, indicações começam a virar, e evolui num contraste de tal forma que é aparentemente impossível justificar a manutenção do grupo. Ao se aproximar do seu sexto álbum em 1973, as tensões criativas entre David Gates, principal compositor do grupo, e James Griffin, fazem com que o grupo se cale. 
 Os membros da banda tomaram diferentes direções e David Gates completa 2 álbuns, "First Album", em 1973, e "Never Let Her Go", em 1975. No ano seguinte, Gates e Griffin colocam as diferenças de lado e o Bread é re-formado, lançando "Lost Without Your Love" em 1977. Embora o single tenha chegado ao Top 10, o Bread é mais uma vez dissolvido por questões criativas, e Gates e Griffin devolvidos às suas carreiras solo.
Em 1978, Gates escreveu a canção-título do filme adaptado da peça de Neil Simon, "The Goodbye Girl", outra melodia inesquecível, bem-sucedida nas paradas. 
Gates voltou a gravar em 1994 com "Love Is Always Seventeen”, mas a essa altura, a marca soft rock do Bread havia desaparecido, perdendo a popularidade com os compradores de discos. Enquanto isso, Griffin se mudou para Nashville, onde trabalhou como compositor e, mais tarde se juntou aos grupos country The Remingtons and Dreamers. O baterista Mike Botts também permaneceu no domínio da música, servindo como um músico de estúdio e turnê com Linda Ronstadt e Dan Fogelberg. Larry Knechtel continuou a se apresentar ao vivo e em estúdio com uma longa lista de estrelas da música, incluindo Neil Diamond, Randy
Newman, Ray Charles, The Beach Boys, The Doors, Elvis Presley, Hank Williams Jr., Elvis Costello e The Dixie Chicks. A formação original se reagrupou em 1997, para uma breve turnê.

Infelizmente, James Griffin morreu de complicações de câncer em 11 de janeiro de 2005 em sua casa em Franklin, Tennessee. Mike Botts faleceu em Burbank, Califórnia, em 09 de dezembro, 2005, um dia depois de seu aniversário de 61 anos, tendo sofrido do cancro do cólon. Larry Knechtel morreu de um ataque cardíaco na idade de 69 anos, em 24 de dezembro de 2009. Gates e Royer seguem sendo os únicos membros sobreviventes originais do Bread.

Discografia:
1969 - Bread  
1970 - On the Waters
1971 - Manna  
1972 - Baby I'm-a Want You
1972 - Guitar Man
1973 - The Best of Bread
1974 - The Best of Bread, Vol. II
1977 - Lost Without Your Love
1982 - The Sound of Bread
1985 - Anthology of Bread
1996 - Retrospective
2002 - Make It With You and Other Hits 
2006 - The Definitive Collection