sábado, 29 de agosto de 2009

Rush - Discografia


Presto é o 13º álbum de estúdio do Rush, lançado em 1989. Foi gravado no Le Studio em Morin Heights e no McClear Place em Toronto. Foi o 1º disco com o selo da Atlantic Records com a qual a banda assinou contrato em 1989 depois da decisão de não renovar com a Mercury/PolyGram Records.
Destinados ser a co-produzido com Peter Collins, que tinha produzido os dois álbuns de estúdio anteriores, Power Windows e Hold Your Fire, ele relutantemente recusou a oferta por motivos pessoais, ficando a incumbência para produtor Rupert Hine, que fez teclados adicionais.
Todos os singles deste álbum (“Show Don't Tell", "The Pass", "Superconductor") foram listados no Album Rock Tracks, com "Show Don't Tell" alcançando o 1º lugar. Ganhou Disco de Ouro nos EUA e Platina no Canadá. Além disso, figurou em 16º lugar na Billboard 200 em 1990.
O álbum é geralmente classificado pelos fãs como o marcador do início de um período de transição, onde o sintetizador da década de 1980 começou a dar lugar a um som mais orientado para guitarra. No mínimo, sintetizadores e seqüenciadores foram usados de forma mais discreta em relação aos álbuns anteriores. "Chain Lightning", "Scars", "Anagram (For Mongo)" e "Red Tide" ainda têm os teclados como característica proeminente, mas outras músicas como "Show Don't Tell" e "Supercondutor" são mais “guitarra”. Além disso, "Available Light" e "Red Tide" representam algumas das poucas músicas do Rush com significativo uso de piano. As linhas do baixo continuam a seguir o estilo habitual do Rush, mas, no entanto, "The Pass" é fortemente impulsionada pelos acordes do baixo.
"Scars" apresenta um complexo padrão de bateria no qual são utilizadas bateria acústica e eletrônica. O padrão foi derivado de um ritmo tribal descoberto por Neil Peart durante um passeio de bicicleta pela África (mais tarde transformado em seu primeiro livro, The Masked Rider: Cycling in West Africa). Peart passou a incorporar este padrão em seus solos ao vivo. A canção também apresenta a utilização de um seqüenciador, em lugar de, e muitas vezes confundido, com um baixo.
De acordo com Geddy Lee, durante o concerto Rush in Rio (bem como a recente "Box Set" no VH1 Classic), "The Pass" é uma das canções favoritas da banda. 


Faixas
1. "Show Don't Tell"
2. "Chain Lightning"
3. "The Pass"
4. "War Paint"
5. "Scars"
6. "Presto"
7. "Superconductor"
8. "Anagram (For Mongo)"
9. "Red Tide"
10. "Hand Over Fist"
11. "Available Light"