sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Rock - Manfred Mann

O Manfred Mann foi uma banda britânica de R&B, formada por Mike Vickers, guitarra; Dave Richmond, baixo; e Paul Jones, vocal.
O Manfred Mann originalmente classificam-se como uma banda de rhythm and blues, mas progressiva até a alma. Foi fundada na Grã-Bretanha, em 1962, pelo próprio Manfred Mann, natural de Joanesburgo, África do Sul. Com Manfred Mann (nos teclados) estava o seu amigo Mike Hugg (na bateria). O vocalista era Paul Jones (que se tornaria mais tarde num ator de sucesso). Os outros membros foram Tom McGuinness (baixo) e Mike Vickers (flauta, sax, guitarra).
O seus primeiros ‘hits’ foram "Do Wah Diddy Diddy" (um original dos Exciters) e "Pretty Flamingo". Jones saiu em 1966 e foi substituído por Mike D'Abo, mas o grupo manteve o sucesso, do qual se salienta em 1968 uma versão de "Mighty Quinn" de Bob Dylan. Outros temas de Dylan gravados pelo grupo foram: "Just Like A Woman" (1966) e "If You Got To Go - Go Now". Outro popular tema do grupo foi: "Ha! Ha! Said the clown", de 1967.
O nome do Manfred Mann encontra-se associado a uma das inovações técnicas da música pop-rock: o sintetizador. No Verão de 1968, Mick Vikers (então no Manfred Mann) estava nos estúdios de Abbey Road quando este fora equipado pela primeira vez com um "moog", e trabalhou na sua afinação para o álbum homónimo dos Beatles. O grupo separou-se em 1969. Mann e Hugg formaram então um grupo de jazz-rock, o Chapter Three, que não teve grande sucesso. O nome significava que este era o "terceiro capítulo" das formações de Manfred Mann, diferindo as duas primeiras apenas no vocalista. O grupo gravou os álbuns Chapter Three (lançado em Dezembro de 1969) e Chapter Three – volume 2 (lançado em 1970).
Em 1971, juntamente com Mick Rogers (guitarras e vocais) Chris Slade (bateria) e Colin Pattenden (baixo) Mann formou a Manfred Mann's Earth Band. A nova banda iniciou a sua actividade com uma versão de "Please Mrs Henry", mais um original de Bob Dylan, mas sem grande sucesso; seguiu-se "Living without you" (escrita por Randy Newman). O primeiro LP, com a mesma designação da banda, incluindo as duas referidas canções, só surgiu em 1972. Também de 1972 é o álbum "Glorified Magnified", que incluía nova versão de um outro êxito de Dylan: "It's All Over Now Baby Blue". No entanto, só em 1973, com o álbum "Messin’", é que a banda voltou novamente a retomar o caminho do sucesso.
Existe uma biografia muito completa das formações de Manfred Mann, "Mannerisms: The Five Phases of Manfred Mann", de Greg Russo. O Manfred Mann’s Earth Band continua atualmente em atividade, com espetáculos ao vivo, mas nos últimos anos apenas têm sido lançadas coletâneas das suas gravações.
Discografia
§  The Five Faces Of Manfred Mann 1964
§  Mann Made 1965
§  Mann Made Hits 1966
§  As Is 1966
§  Soul Of Mann 1967
§  Up The Junction (B.O.F.) 1968
§  What A Mann 1968
§  Mighty Garvey! 1968
§  Chapter III vol 1 1969
§  Chapter III vol 2 1970
§  Manfred Mann's Earthband 1971
§  Glorified Magnified - 1972
§  Messin 1973
§  Solar Fire 1973
§  The Good Earth 1974
§  Nightingales and Bombers 1975
§  The Roaring Silence 1976
§  Wired 1977
§  Watch 1978
§  Angel Station 1979
§  Chance 1981
§  Somewhere in Afrika 1982-83
§  Live in Budapest 1984
§  Criminal Tango 1986
§  Masque 1987
§  Plains Music 1991
§  Soft Vengeance 1997
§  Mann Alive 1998

Coletâneas
§ 20 Years of Manfred Mann's Earthband 1990
§ Spotlight 1992
§ The very best of Manfred Mann Vol 1 e 2 1993
§ The very best of Manfred Mann 1994
§ The best of Manfred Mann 1996
§ The very best of Manfred Mann's Earthband remasterizado vol 1 1999
§ The very best of Manfred Mann's Earthband remasterizado vol 2 2000
§ The evolution of Manfred Mann 2003
§ Blindin 2000
§ Odds & Sods - Mis-Takes & Out-Takes 2005 
§ 5-4-3-2-1 1998
§ Live 1999
§ Maximum Manfreds 2000
§ Uncovered 2003