quinta-feira, 30 de julho de 2009

Rush - Discografia


Signals, 9º álbum de estúdio do Rush, foi lançado em 9 de setembro de 1982. Segue o mesmo sucesso do anterior Moving Pictures. No estilo, o álbum é a continuação do saque do Rush dentro da tecnologia dos anos 80, através do crescente aumento do uso da instrumentação eletrônica, como teclados, seqüenciadores e violino elétrico. Outras mudanças foram a diminuição da duração das músicas e a compressão das letras. O álbum alcançou o 10º lugar na Billboard e ganhou disco de platina (1.000.000 de cópias vendidas) pela Recording Industry Association of America em novembro de 1982.

As músicas começaram a ser escritas em 1981, durante as passagens de som da turnê do Moving Pictures, as quais foram gravadas. Coincidentemente, partes de “Chemistry” foram escritas pela banda quando estavam separados uns dos outros. Geddy Lee escreveu para teclados, Alex Lifeson escreveu os riffs de guitarra, e Neil Peart as batidas de bateria para os refrões, e em um movimento incomum para o Rush, Lee e Lifeson vieram com o conceito e título para a canção e apresentaram a letra crua, para o polimento de Peart. Em abril, em Orlando, Flórida, a banda tinha intenção de assistir ao lançamento do ônibus espacial Columbia. Foi cancelado devido a um defeito nos computadores da nave, e eles finalmente viram o lançamento alguns dias depois, inspirando a letra de “Countdown”.

Em setembro, no Le Studio, Quebec, Peart tocava uma música com alguns membros da equipe, e se juntaram a eles Lee e Lifeson. Isto foi gravado mais tarde e temporariamente intitulado “Tough Break”. Mais tarde, Peart escreveu a letra para a música, rebatizada "Subdivisions", enquanto Lifeson e Lee colocaram partes adicionais. Lee começou experimentando com seqüenciadores e baterias eletrônicas, enquanto de casa, em Toronto, veio com “The Weapon”.

Em janeiro de 1982, numa escuna ancorada nas Ilhas Virgens, Peart apresentou sua letra para “The Analog Kid” para Lee e ambos concordaram que isso poderia ser um rock up-tempo, com um refrão suave. Em Muskoka Lakes, Ontário em março, “Digital Man” juntou-se e no Le Studio, o estilo ska foi criado ao longo dos testes com seqüenciadores com guitarra e baixo. O produtor Terry Brown não se impressionou e inicialmente recusou-se a gravar aquilo. Em maio, a banda decidiu gravar uma música que tivesse o tempo limite de 3:57 minutos para manter os dois lados da gravação iguais. O resultado, “New World Man”, foi escrita e gravada no mesmo dia. Em junho, Ben Mink (compositor, multi-instrumentista e produtor canadense) da banda FM foi convidado a tocar violino elétrico em “Losing It”.

Notas sobre as músicas

"Subdivisions” tem sido tocada na maioria das turnês da banda, desde que foi gravada.

"The Analog Kid" e "Digital Man" serviram de inspiração para o escritor Troy Hickman ao criar os heróis de quadrinhos de mesmos nomes, Digital Man and Analog Kid, em 2004 da série Common Grouns.

"Digital Man," canção levemente baseada no reggae, levou ao fim a relação da banda com o produtor de longa data, Terry Brown. Brown relutou em abandonar o passado progressivo da banda, enquanto a banda, Geddy Lee especialmente, queria explorar novos caminhos musicais. Terry estava com a banda desde o álbum de estréia em 1975. A seção mestra dessa música foi comparada com a música "Walking On The Moon" pelo Police. Uma versão lenta da canção foi trazida de volta em 2007 na turnê de Snakes And Arrows, marcando a primeira vez que o Rush apresentou a música em 23 anos.

"The Weapon" é a parte II da trilogia 'Fear'.

"New World Man" tornou-se um surpreendente hit de FM, alcançando o #21 nos 100 melhores singles da Billboard por 3 semanas em outubro e novembro de 1982. Ela continua sendo o de posto mais alto nos EUA até hoje.

A letra de Neil Peart para "Losing It" faz referência, entre outras coisas, aos últimos anos do escritor Ernest Hemingway: "for you the blind who once could see, the bell tolls for thee...". Esta canção continua sendo a única faixa do disco jamais apresentada em concertos.

A letra de "Countdown" descreve o lançamento do ônibus especial Columbia em 1981. A música apresenta clips de áudio de algumas conversas de radio durante o vôo.

Faixas

1.

“Subdivisions"


2.

"The Analog Kid"


3.

"Chemistry" (Lyrics: Lee/Lifeson/Peart)


4.

"Digital Man"


5.

"The Weapon" (Part II of Fear)"


6.

“New World Man"


7.

"Losing It"


8.

"Countdown"